quinta-feira, 11 de novembro de 2010

POEMA AOS AMIGOS

Transcrevo este belíssimo "Poema aos Amigos", do poeta e romancista argentino Jorge Luis Borges, dedicando-o a todos os amigos que a Vida me reservou, sejam eles presenciais ou virtuais

“Não posso te dar soluções para todos os problemas da vida, 
nem tenho a resposta para as tuas dúvidas e temores, 
mas posso te escutar e compartilhar contigo.

Não posso mudar o teu passado ou o teu futuro, 
mas quando precisares de mim estarei junto a ti.

Não posso evitar que tropeces, 
só posso oferecer minha mão para que te apoies e não caias.

Tuas alegrias, triunfos e êxitos não são meus, 
mas desfruto sinceramente quando te vejo feliz.

Não julgo as decisões que tomas na vida, 
limito-me a te apoiar, a te estimular e a te ajudar se mo pedes.

Não posso traçar limites dentro dos quais devas agir, 
mas sim te oferecer este espaço, necessário para crescer.

Não posso evitar o teu sofrimento quando alguma mágoa te parte o coração 
mas posso chorar contigo 
e recolher os pedaços para que possas amar novamente.

Não posso decidir quem és, nem quem deverias ser. 
Só posso te amar como és e ser teu amigo.”

Grande abraço.

Um comentário:

Analuz disse...

Belíssimo texto...

Beijo, Amiga!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...